Solomon Islands Finance

Feb 14 2018

Fé e as promessas de Deus, 24 de Agosto

Eis o soberbo! Sua alma não é reta nele; mas o justo viverá pela sua fé. Habacuque 2:4 .

Ao tempo em que Josias começou a reinar, e muitos anos antes, os sinceros em Judá perguntavam-se em dúvida se as promessas de Deus ao antigo Israel seriam cumpridas.

Estas ansiosas interrogações foram pronunciadas pelo profeta Habacuque. Contemplando a situação dos fiéis em seus dias, ele expressou o peso que lhe ia no coração, inquirindo: Até quando, Senhor, clamarei eu, e Tu não me escutarás? Habacuque 1:2. E então sua fé viu além das desoladoras perspectivas do imediato futuro, e descansando nas preciosas promessas que revelam o amor de Deus por Seus confiantes filhos, o profeta acrescentou: Nós não morreremos. Habacuque 1:12. Com esta declaração de fé, ele depôs sua causa, bem como a de cada crente israelita, nas mãos de um compassivo Deus.

A fé que fortaleceu Habacuque e todos os santos e justos naqueles dias de grande provação, é a mesma que sustém o povo de Deus hoje. Nas horas mais escuras, sob as mais proibitivas circunstâncias, o crente cristão pode suster sua alma sobre a fonte de toda luz e poder. Dia a dia, pela fé em Deus, sua esperança e ânimo podem ser renovados, o justo pela sua fé viverá . Habacuque 2:4.

Devemos acariciar e cultivar a fé da qual testificaram profetas e apóstolos a fé que se apodera das promessas de Deus, e espera pelo livramento na ocasião e maneira apontados. A firme palavra da profecia encontrará seu final cumprimento no glorioso advento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, como Rei dos reis e Senhor dos senhores. Como o profeta que procurou encorajar Judá em tempo de apostasia sem precedente, confiadamente declaramos: O Senhor está no Seu santo templo; cale-se diante dEle toda a Terra. Habacuque 2:20. Tenhamos sempre em mente a confortante mensagem: A visão é ainda para o tempo determinado, e até ao fim falará, e não mentirá. Se tardar espera-O; porque certamente virá, não tardará. Habacuque 2:3. Profetas e Reis, 384-388 .

Este texto vem do livro devocional Vidas que Falam pelo Ellen G. White.
Para ver mais de seus livros, visite egwwritings.org

Jeremias 30
Comentário Pr Heber Toth Armí

Jesus veio ao mundo apesar dos muitos obstáculos e oposições; da mesma forma, Ele retornará embora tudo conspirará contra Seu retorno.

No desenvolvimento da História, Deus oferecia esperança à humanidade com a promessa do Messias; paralelamente, Satanás empenhou-se com afinco tentando impedir o cumprimento das profecias.

Essa tensão é visível desde o início, principalmente no aspecto da vida humana relacionado à religião. Abel era o fiel remanescente, Satanás suscitou ódio e vingança sem causa em Caim para matar seu irmãozinho.

Depois disto, a geração de Noé caracterizou-se pela prática do pecado, restando apenas alguns remanescentes. Se Deus não agisse para salvar a família de Noé, Satanás teria eliminado toda possibilidade do cumprimento de Gênesis 3:15.

Na sequência, a promessa messiânica girou em torno de Davi e seus descendentes. Jesus viria da casa de Davi. Satanás suscitou ódio inexplicável no coração de Saul visando matar Davi. Apesar de várias tentativas, Deus preservou Seu representante real.

Além destas, Satanás utilizou muitas outas formas objetivando eliminar ao povo escolhido por Deus, de onde viria o Messias.

O pecado quase riscou Israel do mapa. Nos tempos de Jeremias, a Terra Prometida está comprometida. Os judeus estão no exílio em Babilônia. Contudo, Deus está no controle; portanto, Satanás não O impedirá de cumprir Seus objetivos em prol da salvação da humanidade.

1. Deus revela através de Jeremias que os judeus não serão exterminados, mas retornarão para ocupar a terra que havia sido saqueada (vs. 1-3);
2. Deus intervirá e fará justiça contra todos aqueles que interferem ou tentam interromper Seus planos no mundo (vs. 4-10);
3. Deus disciplina Seu povo visando corrigi-lo de suas terríveis maldades, mas os adversários, destruidores e devoradores de Seu povo serão definitivamente eliminados (vs. 11-16);
4. Deus promete restaurar Seu povo física, mental, social e espiritualmente (vs. 17-20).
5. Deus reitera a promessa com respeito ao Messias, e declara que Seus propósitos cumprirão, ainda que tenha que lutar ferozmente (vs. 21-24).

Satanás não quer a salvação de ninguém, mas nada impediu Deus executar Seus planos na Terra. Se, apesar de tudo, a primeira vinda de Cristo aconteceu, a segunda logo se cumprirá também.

Examine mais tua Bíblia; conheça os planos divinos para tua vida! Deus conforta os atribulados, liberta os escravos. Reavivemo-nos! Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

Jeremias 29
Comentário Pr Heber Toth Armí

A mensagem de Deus pode chegar-nos de diversas formas. A escrita é a melhor, mais confiável. Portanto, as Escrituras devem ser nossa base de avaliação de qualquer suposta revelação. Leia atentamente este comentário após ler o capítulo bíblico mencionado:

1. A introdução (vs. 1-3) fala da carta que o profeta Jeremias enviou de Jerusalém aos cativos hebreus em Babilônia.
Enviar mensagens escritas aos seres humanos foi uma estratégia divina desde a invenção dos caracteres, ou seja, as letras. As cartas inspiradas são conhecidas tanto no Antigo quanto no Novo Testamento.

2. Jeremias escreveu, mas as Palavras são de Deus. Objetivando tornar-Se acessível, Deus Se humilha pedindo auxílio humano para escrever Sua mensagem (v. 4).

3. O recado de Deus visava beneficiar aos sofredores exilados. Eles deveriam.

. construir habitações;
. plantar, colher, casar e constituir famílias;
. procurar a paz;
. orar pelos opressores (vs. 5-7).

Os conselhos de Deus são confusos para nossa mente limitada. Precisamos aceitar no íntimo do coração as orientações divinas que são infinitamente melhores que nossas mais altas ambições, mais nobres que nossos mais importantes planos, e produzem resultados mais satisfatórios do que apegarmo-nos a nossas míseras estratégias.

4. Deus alerta aos cativos que os profetas que eles criam terem sido levantados por Ele na verdade eram falsos. Eles iludem, apregoam falsa esperança. Como ninguém, Deus sabe o que faz, o que diz e o que fará (vs. 8-15).

5. Deus, outrora, havia dito aos judeus a irem ao cativeiro, contudo o povo ignorou; portanto, quem desobedeceu sofrerá as consequências (vs. 16-19). Agora, Deus quer que os exilados deem atenção às Suas orientações, apesar dos falsos profetas (vs. 20-23).

Ainda que as falsas mensagens de esperança pareçam mais interessantes que as de Deus, elas só trazem decepção. É melhor confiar em Deus; Ele sempre deseja o bem das pessoas.

6. Semaías “dedurou” o conteúdo da carta a Sofonias, chamando Jeremias de louco. Jeremias desaprovou e condenou a atitude dos seus acusadores que alegavam possuir o dom de profecia. Coitado deles (vs. 24-32).

Desrespeitar Deus e Seus servos significa preparar a própria sepultura; pois, tal desrespeito promove rebeldia. Quem age assim torna-se obstáculo à salvação dos pecadores. Cuidado com tais pessoas!

É melhor confiar em Deus. Ele sabe o que faz! Reavivemo-nos! Heber Toth Armí #ebiblico #rpsp #rbhw

Written by admin


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *